HISTÓRIA DA TELEVISÃO BRASILEIRA

 

Sistema Brasileiro de Televisão - SBT

Em 1976, Sílvio Santos iniciou a operação do Canal 11 do Rio de Janeiro, denominada TVS, embrião do SBT.

Através desse canal, cuja programação era baseada em filmes e desenhos, começou a realizar seu sonho. No pequeno estúdio do bairro de São Cristóvão, começaram a ser produzidos os primeiros programas da TV de Silvio Santos.

Silvio Santos foi em frente até obter uma concessão do governo federal e ser autorizado a assumir mais quatro emissoras remanescentes da rede Tupi: TV Tupi, TV Marajoara, TV Piratini e TV Continental.

Em 19 de agosto de 1981 nascia o Sistema Brasileiro de Televisão, que entrou no ar imediatamente, inaugurando sua programação com a transmissão da assinatura de contrato entre Silvio Santos e o governo federal, representado pelo então presidente Ernesto Geisel e o Ministro das Comunicações, Euclides Quandt de Oliveira.

Obrigado por lei a preencher 12 horas de programação diária, o Sistema Brasileiro de Televisão começou a se apresentar ao público através de filmes e desenhos, um pouco de jornalismo e obviamente o Programa Silvio Santos.

Logo vieram "Reapertura", "Moacyr Franco Show", "O Homem do sapato branco", " Povo na TV" e "Alegria". O SBT alcançou rapidamente uma posição de destaque em audiência, chegando a uma participação de 24% no seu primeiro ano de operação.

Entre 1983 e 1987, na fase definida como popular, foram apresentados os programas de Flávio Cavalcanti e Hebe Camargo, a série "Joana", com Regina Duarte, a minissérie internacional "Pássaros Feridos", estrelada pelo ator Richard Chamberlain e uma cuidadosa seleção de filmes de sucesso.

De 1988 a 1990 passou a buscar qualidade de audiência através da contratação de profissionais como Boris Casoy, Jô Soares e Carlos Alberto de Nóbrega.

No final da década de 80, o SBT entrou na quarta fase de sua existência, com as estréias dos programas "Aqui Agora", "Programa Livre", "Jô Onze e Meia", e a participação no jornalismo de nomes como Bóris Casoy, Alberto Tamer e Hermano Henning. Consolida-se a "A Praça é nossa", "Cinema em Casa" e o Núcleo de Dramaturgia, cujo maior sucesso foi a novela "Éramos Seis".

O SBT entrou nos anos 90 com 21% de participação em audiência e um faturamento de quase 140 milhões de dólares.

Terminava a fase do sacrifício.

Surge então em 1995 o Complexo Anhanguera, grande passo para a concretização do Projeto SBT Ano 2000.

Instalado no quilômetro 19 da Rodovia Anhanguera em um terreno de 231 mil metros quadrados, sendo 62 mil de área construída, o Complexo Anhanguera é a verdadeira "Cidade de Televisão".

Através de um investimento de 120 milhões de dólares, o SBT dotou sua nova sede de toda infra-estrutura necessária para garantir a qualidade de produção: equipamentos de última geração, restaurante, lanchonete, agência bancária, loja de conveniência, barbearia, ambulatórios médico e odontológico, estacionamento e transporte interno. São 2500 pessoas que circulam diariamente pelo Complexo Anhanguera.

Transmissões de eventos fazem sucesso: "Oscar",   campeonato mundial de Fórmula Indy, Copa do Brasil de futebol, jogos da seleção nacional e Copa do Mundo. O Campeonato Mercosul é transmitido com exclusividade pelo SBT.

Um momento recente e marcante foi a contratação do Carlos Massa para apresentar o seu "Programa do Ratinho.

Números de hoje:

15 milhões de telespectadores de todas as faixas etárias e classes sociais assistem diariamente o SBT

20 horas de programação diária diversificada.

participação de 20% em audiência

15% do bolo publicitário do meio televisão.


Fonte: Site do SBT

Voltar para História da TV


Principal    -   Carreira   -    História do Rádio   -    História da TV   -    Emprego   -   Lista de Emails   -   Perfil   -   As Mais Tocadas   -   Notícias   -   Links   -   Email

Microfone: O Site do Radialista !